domingo, 30 de dezembro de 2012

Capítulo 39 - I'm with you and you're with me

" Eu estou com você e você está comigo" 





Lu's POV

Ontem anoite eu, Nareesha, Bia e os meninos fomos jantar fora num restaurante quando saimos de lá estava caindo uma super chuva então, Nathan falou que iria dormir na casa da Bia, como Jay estava dirigindo ele deixou o os dois na casa da Bia, deixou Siva e Nareesha na casa dela, levamos o Tom para a casa da familia dele eu e Jay fomos dormir em um hotel, ele queria que fossemos para a casa da familia dele tambem, mas eu nem os conheço não iria chegar lá sem mais nem menos e dormir com ele lá.
Minha cabeça só imaginava o que deveria estar rolando entre Vic e max lá dentro, ou eles estão se matando e colocando fogo na casa ou eles estão transando forever, ou pode ser as duas coisas estilos o filme Sr. e Sra. Smith eles primeiro tentam se matar, destróem e casa e depois tudo acaba numa transa daquelas haha. Prefiro ficar somente com a 2° opção.
Jay alugou um quarto de hotel para passarmos anoite, afinal com essa chuva não iriamos para casa e tambem sabe-se lá o que o casal deve estar fazendo, eu não quero atrapalhar os dois. Jay pegou a chave de quarto e entramos no elevador.
– Será que os dois já se acertaram ? - Jay disse me puxando pela cintura.
– Espero, se eles não se acertarem dessa vez eu juro que dou a louca e bato nos dois. - Disse e ele riu.
– Tenho quase certeza que eles já se acertaram. - Jay disse me dando um selinho.
O elevador abriu e nós saimos indo para o nosso quarto, entramos e Jay trancou a porta. Me sentei na cama tirando meus saltos e me joguei me deitando na mesma. Jay se jogou em cima de mim, tirou uma mecha de cabelo do meu rosto e sorriu docemente, sorri também e assim ele selou nossos lábios tranquilamente.

Bia's POV
Meus pais não estavam em casa então convidei Nathan pra dormir comigo, como imaginei ele topou no mesmo momento. Chegamos em casa , tranquei a porta e quando me virei para caminhar até a escada Nathan me agarrou selando os nossos lábios com um jeito voraz e cheio de desejo, suas mãos que estavam na minhas cintura logo desceram e se posicionaram na minha bunda a apertando com força, eu já havia entendido o que o Nathan queria, apesar que não tem como resistir a esse garoto, quebrei o beijo, segurei a mão dele e saimos correndo em direção a escada e subindo pro quarto.
– Morena você me deixa louco. - Nathan disse tirando a camisa e me agarrando novamente.
– Vem cá amor. - Disse o puxando pela nuca.
Nathan me impressou contra a parede, ele segurou minha coxa a puxando para cima e logo em seguida, dei impusso e passei minha outra perna em sua cintura, senti seu membro ereto escondido por dentro da calça bege, eu mesma tirei minha blusa e assim fomos tirando peça por peça de nossos corpos até todas ficarem jogadas no chão. Nathan me deitou na cama e sem delongas penetrou em mim, ali iniciamos mais uma noite de prazer.

Siva's POV

Tirei minha roupa e me deitei na cama, fiquei esperando minha morena que estava no banheiro se trocando e tirando a maquiagem. Eu estava só de cueca como não tinhamos previsão de que todos dormiriam fora então eu fui com a roupa do corpo mesmo.
– Amor, por que... - Nareesha estava vindo e quando me viu só de cueca na cama parou de falar e sorriu maliciosa. - porque a Vic e o Max não foram jantar conosco ? - Ela perguntou após desviar o olhar do meu corpo.
– Porque não era pra eles irem. - Respondi e ela me olhou confusa. - porque a Lu tinha bolado um plano de deixar os dois trancados em casa pra ver se eles se reconciliavam, por isso que a gente saiu. - Respondi.
– Ah sim, mas trancados ? Tipo vocês trancaram eles mesmo? - Ela perguntou se deitando na cama.
– Sim, ainda a gente trouxe a chave deles, a chave do Max ficou com o Tom e da Vic ficou com a Lu. - Respondi.
– Vocês são malucos. - Ela disse rindo.
– Eu sou maluco por você. - Disse a puxando pra cima de mim com um beijo quente. - Já disse que você fica perfeita nessa camisola branca? - Perguntei e ela assentiu mordendo o lábio inferior. - Porém você fica mais perfeita ainda sem ela. - Disse abaixando uma alça da peça delicada e beijei seu ombro...

Tom 's POV

Legal, todos os meus amigos indo dormir na casa das namoradas concerteza vai rolar um sexytime e eu aqui dormindo na casa da minha mãe. Okay Thomas Parker, você poderia ter uma namorada tambem se não fosse tão galinha, mas ultimamente eu prefiro ter várias em cada noite do que só uma todas as noites... Eu sei que ainda vou achar a mulher que vai roubar meu coração, porém enquanto ela não aparece vou me divertir. Estava sem sono então fui pro quarto do meu irmão ficar conversando com ele como nos velhos tempos.

xxxxXxxxx

Max's POV

Acordei com a claridade da luz invadindo o quarto, senti um pequeno peso e meu abdomem, olhei por debaixo do edredom e vi o braço de Vic me abraçando percorri meus olhos até chegar em sua face serena, ela dormia com um pequeno sorriso nos lábios perfeitamente desenhados, provavelmente ela deveria estar sonhando algo bom. Tirei o braço dela com cuidado de cima de mim para não acordá-la. Me levantei e fechei as cortinas deixando o quarto mais escuro o possivel, peguei minha calça de moletom do chão e a vesti, sai do quarto lentamente e fui pro meu, peguei minha escova de dente e fui fazer minhas higienes de sempre. Logo depois desci para a cozinha, a casa estava em total silêncio deduzi que ainda ninguém havia chegado, agradeci mentalmente. Abri a geladeira e passei a mão na cabeça pensando no que preparar para o café da manhã, comecei a pegar algumas coisas na geladeira, peguei ovos, queijo e baicon, decidi fazer o ovo mexido que a Vic adora, porém eu nunca fiz isso e espero que saia bom, vou me esforçar ao máximo.
Assim comecei a fazer os ovos mexidos, depois peguei algumas frutas as cortei e pedacinhos pequenos e coloquei dentro de uma tigela, peguei um pouco de chantilly que havia na geladeira e leite confensado misturei com as frutas fazendo uma salada de fruta meio doida, mas ficou gostoso. Peguei torradas e geleia, fiz um suco e em seguida fui até o jardim peguei uma flor e coloquei tudo na bandeja. Subi lentamente, entrei no quarto e ela ainda não havia acordado. Coloquei a bandeja em um cantinho e me sentei ao lado dela, coloquei seu cabelo para trás me dando a visão da bela orelha e o belo pescoço dela, encostei meus lábios em seu pescoço dando um leve beijo.
– Acorda bebê. - sussurrei em seu ouvido.
Ela se mexeu e resmungou algo que eu não entendi, porém não abriu os olhos.
– Acorda meu amor, - Sussurrei novamente e nada, tive uma ideia.

We're standing in a light that won't fade,
Tomorrow's coming, but this won't change,
Cause some days stay gold forever.
The memory of being here with you,
Is one I'm gonna take my life through,
Cause some days stay gold forever.

Cantei um trecho de Gold Forever em seu ouvido, ela sorriu de olhos fechados enquanto eu cantava e quando parei ela se virou pra mim e sorriu.
– É você mesmo aqui me acordando assim ? - Ela perguntou.
– Sim. - Disse estendendo o braço para ela me tocar.
Ela fez e sorriu mais abertamente.
– Bom dia. - Ela disse se espreguiçando e se sentando logo em seguida.
– Bom dia. - Disse dando um beijo em sua testa.
– O pessoal já chegou ? - Ela perguntou coçando os olhos.
– Ainda não. - Respondi. - Isso indica que ainda podemos aproveitar mais. - Disse pegando a bandeja.
– Não acredito que você fez isso pra mim ? - ela disse com a mão na boca.
– O minimo que eu podia fazer depois de uma noite maravilhosa. - Disse e ela pegou na minha orelha.
– Você é perfeito. - Ela disse.
– Você que é perfeita. - Disse e dei um selinho nela.
Tomamos o nosso café tranquilamente conversando e trocando carinhos, depois de um tempo ouvimos barulhos vindo do andar de baixo, logo depois ouvi vozes que deduzi ser do Jay e da Lu. Vic iria descer mas a segurei mais um tempo na cama comigo, depois de alguns longos minutos ouvi mais vozes que parecia ser do Siva e do Nathan.
– Amor, vou tomar banho. - Ela disse se levantando.
– Eu tambem. - Disse indo atrás dela.
– Hey mocinho. - Ela parou e colocou a mão no meu peito. - A onde pensa que vai ? - Ela perguntou.
– Tomar banho com você. - Disse.
– Nada disso. - Ela disse balançando o dedo em negação.
Segurei a mão dela e dei vários beijos no seu dedo.
– Deixa por favor ? prometo que serei um bom menino. - Disse fazendo uma carinha pidona e ela riu.
– Okay George.- Ela disse se virando e indo em direção ao banheiro, a agarrei por trás e fui junto com ela.

Vic's POV
Tomamos o nosso banho junto, não rolou nada demais pois tinha gente na casa, a qualquer momento a Lu poderia subir no quarto e ouvir nosso gemidos, ficamos apenas na base dos carinhos. Depois eu me vesti e fui buscar uma roupa mim no quarto do Max , ele se vestiu e depois descemos juntos abraçados.
– AAAAAAAAAAAH QUE LINDOO CARAA, QUE ATITUDE VIC. - Lu disse imitando o carinha da fazenda
– Idiota! - Xinguei ela.
– PQP EU SABIA QUE ISSO IRIA ACONTECER, MEU PLANO SEU CERTO, EU SOU UMA GENIA. - Lu disse correndo pela casa.
– PERAI, ENTÃO TRANCAR NÓS DOIS DENTRO DE CASA FOI UM PLANO? E UM PLANO SEU ? - Perguntei indifnada.
–Sim, eu não aguentava mais vocês dois brigando. - Ela explicou.- Me surpreeendi por ter encontrado a casa inteira, pensei que vocês iriam se matar e tacar fogo na casa. - Ela disse batendo palmas.
– Nós não colocamos fogo na casa mas pegamos fogo. - Max disse dando uma piscadinha.
– Maximillian. - Disse dando um tapa no braço dele.
– Isso já era de se esperar. - Jay disse rindo.
– AAAAH O CASAL VOLTOU. - Nathan disse descendo as escadas.
– Tom vai entrar em depressão por isso. - Siva disse e nós rimos.
Nós nos dirigimos a sala e quando Jay, Lu e Nathan se sentaram no sofá grande eu e Max nos entre olhamos e começamos a rir, eu tentava me controlar mas era impossivel.
– Do que vocês estão rindo ? - Nathan perguntou.
– Nada. - Max disse rindo.
– O que são essas manchas aqui ? - Jay disse.
Eu automaticamente olhei pro Max e arregalei os olhos ele fez o mesmo e começou a rir.
– Nathan eu já falei pra você não vir com nenhum tipo de comida ou bebida pra sala, o sofá é novo e já ta manchado. - Jay disse.
– Não foi eu. - Nathan se defendeu.
– Se não foi você foi o Tom, vocês são os unicos que comem na sala. - Jay reclamou.
Eu e Max ainda riamos, fala sério eu não acredito que e o Max manchou o sofá com os filhos deles ( esperma ) kkkk
– Familia reunida. - Tom disse entrando dentro de casa. - Ah meu Deus, o que é isso que eu estou vendo na minha frente ? - Tom disse com uma cara muito engraçada. - Vocês voltaram?


– Sim. - Max disse.
– Aee muleke aprendeu direitinho com o papai aqui né. - Tom disse fazendo um Hi-five com o Max. - Quero saber de tudo depois.- Ele disse e subiu pro quarto.

Comente com o Facebook:

Um comentário: